HONESTIDADE, aprende-se brincando?

 

 

 

Estamos vivendo um momento muito estranho e até bizarro no nosso Brasil. A nossa honestidade, caráter e integridade estão servindo de mote para grandes e profundos debates de estudiosos, e claro …traz também uma enorme reflexão para todos.

Esta semana vi  uma matéria da Universidade Tecnológica do Paraná de Cornélio Procópio, norte do Paraná, que por meio de um simples frezzer de picolé, colocado em um dos corredores, esta servindo de termômetro para medir a  honestidade dos alunos/pessoas. Muito Legal! O link da matéria esta no final deste texto.

Como assim?

Simples assim…São por meio de pequenas ações como esta que podemos mensurar e entender o que passa na cabeça das pessoas e dos nossos jovens.

Este conceito é usado em muitos países desenvolvidos e de forma corriqueira, pois se pegou pague, se usou agradeça, se quebrou concerte…enfim, coisas do nosso dia a dia que podem  fazer diferença na hora de resolver aceitar ou não uma propina.

Acreditamos nisto desde sempre!  No nosso Acampamento, a  lojinha BUBBA’S tem este conceito  de “compra com responsabilidade”, as crianças tem acesso ao freezer, as guloseimas, as lembrancinhas, enfim, a tudo que a mesma oferece. No balcão tem uma prancheta com varias folhas em branco onde a criança deve anotar o que comprou, o valor e assinar…Ao final de cada temporada, passa na BUBBA’S para pagar a sua conta e verificar se a mesma estava correta. Simples assim!!!

É muito engraçada escutar os questionamentos das crianças e o espanto das mesmas em função deste simples gesto, muitas perguntam:

“Tia, mas se alguém pegar e não pagar, não tem ninguém vigiando?”

“Tia, mas se alguém pegar um chocolate e colocar o nome de outra pessoa?”

Dentre estes questionamentos os pais/adultos também acham muito estranho e muitas vezes colocam em cheque a eficácia da ação…

Bem, tudo isto acima citado pode acontecer, mas acreditamos que o certo deve ser feito sempre, independente de ter alguém vigiando…e dentro deste conceito, valorizamos a relação de honestidade das crianças incondicionalmente. É muito comum  dizerem :”Tia, não peguei isto …”ou até mesmo: “Tia , eu peguei mais coisas e não anotei”…”a minha conta não é X e sim X + X”…neste momento é a palavra da criança que vale!…

É fato comprovado que as pessoas se sentem bem onde a relação é de confiança e se apropriam daquilo como se fosse seu. Ao longo de 27 anos de experiência, esta estratégia nos tem trazido grandes aprendizados, apesar do enorme trabalho que dá, pois  diariamente fazemos o levantamento das anotações das crianças,  e entender aquelas letrinhas em formação é bem divertido!

 O resultado é maravilhoso e são por meio destas pequenas ações, seja em uma Universidade ou em um Acampamento de Férias, que devemos estimular, aplaudir e valorizar, pois isto sim é educar para a vida… é estar atento à valores simples mas fundamentais para construímos um pais melhor para os nossos filhos.

Portanto, HONESTIDADE também se aprende brincando, pois aqui  BRINCADEIRA é coisa muito seria!

Um beijo

Rose Jarocki, Msc

http://g1.globo.com/pr/parana/videos/v/estudantes-universitarios-participam-de-projeto-que-mede-honestidade-com-picoles/4922149/

Categorias:Experiencia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s